S

Soft Punta: dicas para aproveitar Punta del Este na baixa temporada

punta-del-este-01

Um mesmo destino tem cenários, amores e humores diferentes conforme a estação. Quem quer experimentar a veracidade dessa máxima deve ir a Punta del Este na baixa temporada. É a oportunidade para vivenciar a região numa versão mais desacelerada e espontânea. Para isso, seguem duas dicas de programas que normalmente passam despercebidos durante a ebulição da alta estação.

Origens

Punta Lobos é uma empresa familiar de azeite de oliva. No local vivem o Luca, brasileiro de pai italiano, a Thaís e o filhinho deles. Estão no Uruguai há cerca de três anos para cuidar do negócio, localizado em uma colina, no caminho da estrada para San Carlos (são uns 15 minutos de carro depois da ponte de La Barra). São eles que acompanham os turistas numa visita à plantação e mostram o procedimento de fabricação, enquanto contam da relação afetiva, que já atravessa gerações, da família com o local e com os olivares.

O passeio encerra em um pequeno “almacén”, onde se experimenta os produtos, acompanhados de um pão tostado na hora e um vinho também produzido ali que, segundo o próprio rótulo apresenta, é “honesto”. Eu passaria umas duas encarnações com aquele visual, degustando pão, azeite e vinho — jogando conversa fora.

Punta Lobos: Cerro Egusquiza, Km 7,5
Para agendar visitas: (598) 093850109 / 093851866

Dali mora lá


Foto: Dionisio Arte

Há 30 anos, o Museo Ralli está discreta e elegantemente instalado em meio aos bosques de Punta del Este. O museu foi o primeiro da série de outros quatro existentes pelo mundo, administrados pela Fundação Ralli, criada pelo colecionador privado Harry Recanati. Um detalhe que chama atenção é a forma de gestão do espaço: uma organização privada sem fins lucrativos que não aceita contribuições de nenhuma espécie. A entrada é gratuita e não há nenhuma atividade comercial no local, nem mesmo uma cafeteria.

São 6 mil metros quadrados de salas de exposição e um lindo jardim interno de esculturas. Além das exposições temporárias, o acervo conta principalmente com artistas latino-americanos, contemporâneos em sua maioria, mas o museu possui também uma sala com obras de artistas europeus dos séculos XVII e XVIII.

A estrela do local, contudo, é a coleção de quadros e esculturas de Salvador Dalí. Até mesmo moradores locais desconhecem que dividem o balneário com ele!

Museo Ralli: Calle Los Arrayanes s/n, esq. Pitangas Barrio Beverly Hills
Para saber o horário de funcionamento na baixa temporada faça contato pelo fone 4248.34 76 ou contacto@museoralli.com.uy.

Por Andréa Back

CategoriasBá, que Viagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *